11 avril 2008

O gato

O Gato

O gato doméstico é um pequeno mamífero carnívoro da família dos felídeos, muito popular como animal de estimação.

O convívio entre o homem e o gato existe desde 4 mil anos antes de Cristo. Foram encontrados frescos e pinturas funerárias de gatos caseiros das primeiras dinastias egípcias. Encontrou-se no Egipto uma grande variedade de múmias de gatos. Algumas são envolvidas em tiras de pano entrecruzadas formando um desenho bicolor. Discos redondos representam as narinas e os olhos, sendo as orelhas imitadas com folhas de palmeira. Outras são encerradas em sarcófagos de madeira, de bronze ou de barro. Alguns exemplares podem ser vistos no Museu Nacional do Rio de Janeiro. Os egípcios apreciavam de tal maneira seus gatos que sua exportação era expressamente proibida; mas os mercadores jónicos entregaram-se a um lucrativo contrabando que permitiu ao gato-caseiro alcançar primeiro a Ásia Menor e depois a Europa. Na Índia o gato foi, aproximadamente, amansado na mesma época que no Egipto. A China já conhecia o gato-caseiro mil anos antes de nossa era, o Japão um pouco mais tarde.

Os romanos se interessaram mais pelo gatos do que os gregos. A legião de César contribuiu muito para sua distribuição por toda a Europa e, em particular a Inglaterra. Portanto, foi somente ao ano de 1400 que o gato-caseiro substituiu definitivamente em Roma a fuinha, que era utilizada até então para o controle de ratos.

Posté par vanessa2 à 12:06 - Commentaires [0] - Permalien [#]


Commentaires sur O gato

Nouveau commentaire